Conheça o conteúdo:

Aspectos fonológicos - parte 01

Autor(es): Charley Pereira Soares

Descrição: Este vídeo traz considerações iniciais e básicas a respeito da fonética e fonologia das línguas orais-auditivas. Para isso, apresenta, sob perspectiva de Saussure, a formatação da língua em seu signo linguístico (significante e significado), destaca a fonética articulatória e, para a fonologia, os pares mínimos e alofones.

Ano: 2018

Aspectos fonológicos - parte 02

Autor(es): Charley Pereira Soares

Descrição: Este vídeo, inicialmente, relaciona os componentes do signo linguístico (significante e significado) em um sinal. Em seguida, aborda, detalhadamente, cada um dos cinco parâmetros fonológicos necessários para compor um signo nas línguas de sinais, a saber: configuração de mão, localização, movimento, orientação da palma da mão e expressões não-manuais. Por fim, evidencia-se, assim como nas línguas orais-auditivas, os pares mínimos e alofones na Libras.

Ano: 2018

Aspectos morfológicos - parte 01

Autor(es): Charley Pereira Soares

Descrição: Este vídeo conceitua a morfologia enquanto nível linguístico e, também, sua menor unidade com significado: o morfema, livre ou preso. Com o intuito de tornar o assunto mais palpável, é usado um exemplo em Língua Portuguesa para se construir essa ideia.

Ano: 2018

Aspectos Morfológicos - parte 02

Autor(es): Charley Pereira Soares

Descrição: Este vídeo apresenta os processos morfológicos de derivação e flexão na Libras. Enquanto derivação, tem-se o processo de formação de sinais pela mudança de movimento, formação de (novos) sinais compostos, incorporação de numeral, incorporação de negação. Para os processos de flexão, tem-se a flexão verbal, admitindo a existência de verbos simples, com concordância e espaciais. Há, ainda, a flexão em número, intensificador e de gênero.

Ano: 2018

Aspectos sintáticos - parte 01

Autor(es): Charley Pereira Soares

Descrição: Este vídeo conceitua um importante nível linguístico: a sintaxe. Inicialmente, cita que a forma canônica para a estruturação das sentenças é sujeito-verbo-objeto (SVO). Logo após, discute as duas abordagens da língua, formalista e funcionalista, para, então, explanar sobre a sintaxe espacial, que se encontra na Libras. A partir daí, explica que os referentes, apontamentos e posicionamentos são fatores essenciais para construir um discurso em línguas de sinais.

Ano: 2018

Aspectos sintáticos - parte 02

Autor(es): Charley Pereira Soares

Descrição: Este vídeo apresenta as principais formas de organização e estruturação dos sinais na Libras, a saber: SVO, SOV e OSV, ressaltando que SVO é o modo canônico, gerando, portanto, sempre sentenças gramaticais. Quanto ao uso das outras ordens de organização sintática, essas dependerão de alguns fatores, como expressões não manuais. Além disso, algumas podem ser construídas por topicalização ou foco.

Ano: 2018

Perguntas Frequentes

Acervo significa “conjunto de obras, produções etc. de uma instituição ou organização” (Caldas Aulete Digital). Nesse caso, portanto, o Acervo Cead tem por objetivo tornar públicas produções acadêmicas referentes a disciplinas e cursos desenvolvidos pela UFV, servindo como fonte de pesquisa e consulta para estudos complementares. Assim, pretende contribuir para futuras atividades e projetos educacionais, visando à ampliação do alcance e qualificação do conhecimento oferecido à sociedade.

Não. Têm acesso garantido a este material todos aqueles que estão em busca de leituras complementares, de materiais para agregar mais informações e conteúdo sobre Educação ou, mesmo, que se interessam pelos assuntos aqui abordados.

A utilização destes materiais, com a finalidade de pesquisa ou no preparo de trabalhos acadêmicos, está autorizada, desde que haja uma referência bibliográfica citando a fonte, de acordo com os termos de licenciamento Creative commons.

Em hipótese alguma, estes materiais podem ser comercializados, pois estão sob os termos de licença do Creative commons. Além disso, estas produções foram financiadas com recursos governamentais e/ou de parcerias com outras instituições, como a UFV, Cead, Capes-MEC e UAB. O uso indevido de tais produções pode acarretar penalidades jurídicas.

Em caso de problemas de visualização, dificuldades de acesso e posteriores problemas com o endereço eletrônico, entre em contato conosco: emailcead@gmail.com   ou  (31) 3612 1254 ou 3612 1255.

O Acervo Cead não oferece qualquer modalidade de curso, ou seja, é apenas material para consulta. Portanto, seu objetivo é oferecer conteúdo de apoio, com a função de contribuir para agregar conhecimento para a sociedade. Assim, não pode conceder certificados ou registros de acesso.

Não existe nenhum custo para a utilização do Acervo Cead ou consulta dos materiais disponibilizados.

O sistema operacional utilizado nesta página é de simples acesso e compatível a todos navegadores disponíveis. Ferramentas tecnológicas, como tablets, computadores e smartphones, podem ser utilizados para efetuar o acesso.  

A Universidade Aberta do Brasil (UAB) é um sistema que integra as universidades públicas. Seu objetivo é promover a articulação, a interação e a consolidação de iniciativas que estimulem a parceria dos três níveis governamentais (federal, estadual e municipal) com as universidades públicas e demais organizações interessadas. Seu objetivo é a viabilização de mecanismos alternativos para o fomento, a implantação e execução dos cursos de graduação e pós-graduação de forma consorciada.

Os termos de licenciamento da Creative Commons foram elaborados com a intenção de total aplicabilidade no mundo inteiro. Dessa forma, tem sido validada em tribunais de várias jurisdições.